As Técnicas da Projeção Consciente

De que modo podemos alcançar a projeção da consciência? Não existe uma fórmula precisa, exata, que possa valer para todas as pessoas. Inúmeras técnicas são difundidas por diversos projetores. Entretanto, como cada pessoa é um mundo consciencial diferente, o que se aplica para um, pode não se aplicar para outro.

Por isso, selecionei algumas técnicas de autores diversos, incluindo também informações ministradas por amparadores extrafísicos, na tentativa de ajudar o leitor a encontrar as técnicas que melhor se adaptem ao seu caso particular.

Porém, não se esqueça de que isto é apenas um capítulo sobre técnicas e não um livro específico. O ideal sobre técnicas de projeção, é a consulta profunda e sistemática dos principais livros de Projeciologia.

Ainda antes de abordar as técnicas de projeção, gostaria de dar um último conselho ao amigo leitor: para alcançar bons resultados na aquisição de uma melhor lucidez extrafísica e melhor rememoração das projeções, é necessário muito esforço, disciplina, paciência e perseverança. Se espera encontrar alguma fórmula mágica que lhe proporcione a projeção consciente instantânea e sem esforço, sofrerá uma decepção, porque tal fórmula não existe.

Se o desenvolvimento da projeção fosse simples, todo mundo já estaria usando esta habilidade na vida diária.

Não basta deitar e esperar que o fenômeno aconteça espontaneamente. É necessário amadurecer a idéia de se projetar e desejar ardentemente que ela aconteça. É importante manter na mente, durante a vigília física comum, pensamentos otimistas de que vai conseguir se projetar conscientemente, criando assim, uma saturação mental positiva.

A leitura de livros especializados de Projeciologia é muito importante, principalmente antes de dormir, pois temos a tendência de levar para fora do corpo, durante o sono comum, os últimos pensamentos da vigília física anteriores ao adormecimento físico. Se esses pensamentos de projeção são mantidos na consciência até o estado hipnagógico (conhecido popularmente como “cochilo”), noite após noite, ininterruptamente, com esforço e paciência, mas sem tensão psicológica ou física, é questão de tempo a obtenção do sucesso na experiência extracorpórea.

É importante que, a cada noite, ao deitar para dormir, você crie o hábito de repetir mentalmente algumas vezes, para si mesmo, que somente seu corpo físico vai adormecer, que você estará consciente fora do corpo e lembrará a experiência quando despertar pela manhã.

Um dos péssimos hábitos que nós temos é deitar pensando em “apagar” literalmente, principalmente quando estamos bastante cansados. Desde a infância, nós sempre deitamos com a intenção de irmos para o “mundo dos sonhos”, desejando um sono sem interrupções e aquela gostosa inconsciência relaxante do sono. Deixamo-nos embalar calmamente por Hipnos, o deus grego do sono, e somos entorpecidos e apagados gostosamente até a manhã seguinte, na mais tranqüila inconsciência do sono comum.

Porém, se o amigo leitor deseja ter lucidez nas projeções, como conseguirá, se, ao deitar, seus pensamentos são exatamente o oposto, desejando firmemente apagar no sono comum? O subconsciente, que é regulado pelas pressões dos pensamentos e desejos que a consciência lhe impõe durante a vigília física ordinária, permanece condicionado, desde a infância, noite após noite, a apagar a consciência. Devemos, então, procurar inocular em nosso subconsciente a idéia de que apenas o corpo físico adormecerá; que nós estaremos conscientes extrafisicamente. Isso deve ser visto como uma forte auto-sugestão, devendo ser repetido mentalmente pelo menos cinco vezes. É algo assim como:

“Eu estou consciente”;

“Eu posso me projetar”;

“Eu quero sair do corpo”;

“Eu me lembrarei da projeção”

CONDIÇOES PSICOFÍSICAS PRELIMINARES

ISOLAMENTO: procure realizar suas experiências sozinho, isolado em um ambiente que lhe seja cômodo e confiável, sem riscos de perturbação.

POSIÇÃO DO CORPO FÍSICO: a melhor posição para a projeção consciente é o decúbito dorsal, com os braços estendidos ao longo do corpo, as palmas voltadas para baixo e as pernas entreabertas.

SALIVAÇÃO: para evitar o excesso de salivação, use a técnica dos iogues: encoste a ponta da língua suavemente no palato anterior (céu da boca), por trás dos dentes superiores.

OLHOS: feche os olhos como se fosse dormir.

ALIMENTAÇÃO: evite a ingestão de alimentos densos pelo menos duas horas antes de deitar. Evite também a ingestão de bebidas e alimentos mais diuréticos.

RESPIRAÇÃO: respire profunda e tranqüilamente, sempre pelo nariz. Evite a respiração toráxica. O ideal é a respiração diafragmática. Procure criar o hábito de assoar o nariz antes de deitar-se, a fim de desobstruir as fossas nasais e deixar a respiração livre.

BANHO: é sempre positivo tomar banho antes de realizar os exercícios projetivos.

COBERTAS: evite o excesso de cobertas sobre seu corpo físico.

OBJETOS: evite deitar com objetos anexados ao seu corpo físico como: anel, brincos, óculos, relógios etc.

ILUMINAÇÃO: o ambiente deve estar na penumbra.

LIVROS: é sempre positivo manter uma estante de livros especializados de Projeciologia ou Espiritualismo no ambiente.

ILUSTRAÇÕES: é bastante positivo ter nas paredes do quarto quadros que expressem idéias espirituais ou cósmicas, como gravuras de chacras, mandalas, espaço sideral etc.

COR: a cor azul na decoração do quarto é positiva para o projetor, pois tem um efeito calmante e induz ao relaxamento.

SILÊNCIO: o ambiente deve ser silencioso. Entretanto, uma música calma é útil para a exteriorização, pois tem um efeito sedativo sobre o projetor.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Técnicas. Bookmark o link permanente.